Des. Antonio Martins Franco

 Des. Antonio Martins Franco

 

Antonio Martins Franco, filho de Evaristo Martins Franco e Josefina de Souza Franco, nasceu no dia 13 de junho de 1885, na cidade de Campo Largo (PR).  Casou-se em primeiras núpcias com a Sra. Helneida D'Arc Munhoz Franco e em segundas núpcias com a Sra. Liony Hintz Franco.

Bacharel pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (SP), colou grau no dia 2 de dezembro de 1909. Em 1910, foi nomeado promotor público de Imbituva.  No ano seguinte foi nomeado inspetor escolar da mesma cidade. Em 13 de fevereiro de 1911 foi removido para Palmeira, onde permaneceu por pouco mais de um ano. Ocupou a função de oficial de gabinete dos presidentes da província do Paraná, Carlos Cavalcanti de Albuquerque e de Affonso Camargo.

Um dos fundadores da Universidade do Paraná, lecionou naquela instituição, entre 1914 e 1952, as disciplinas de Direito Penal, Direito Civil e Introdução à Ciência do Direito.

Em 1914, fez concurso para juiz, sendo nomeado para São João do Triunfo. Até 1924 percorreu as comarcas de Palmeira, São Mateus, Rio Negro e Lapa. Naquele ano, foi removido para Curitiba, onde foi posteriormente nomeado desembargador, no dia 9 de novembro de 1926.

Nomeado procurador em 1929, foi eleito, dois anos mais tarde presidente do Superior Tribunal de Justiça, órgão equivalente ao atual Tribunal de Justiça, e ao fim da gestão, foi eleito presidente do Tribunal Regional Eleitoral, no ano de 1933. Exerceu o cargo de vice-presidente do Tribunal de Justiça na gestão do Des. Clotário Portugal (1933/ 1946), no ano de 1941.

Aposentou-se am 1952.

Faleceu em 4 de setembro de 1968.

É patrono do Fórum de Guaíra.