Voltar

Mutirão de conciliação virtual é realizado pelo Juizado Especial Cível de União da Vitória com casos da Copel

 

Entre os dias 5 e 14 de outubro, o Juizado Especial Cível de União da Vitória, no Paraná, realizou um mutirão de conciliação, com o objetivo de solucionar consensualmente os processos judiciais em trâmite envolvendo a Companhia Paranaense de Energia, a Copel. De forma totalmente virtual, durante 7 dias foram realizadas 42 audiências, que alcançaram um índice de acordo de 59,5%, resultando num montante de mais de 134 mil reais, pagos pela Companhia, numa média de R$ 5.363,24 por processo. Dentre os casos apresentados nas audiências estavam queixas de quedas de energia e perdas de produção agrícola. 

 

Como afirma a Juíza Jeane Carla Furlan, o mutirão trouxe um resultado muito positivo para os envolvidos, especialmente por ser um momento crítico devido à pandemia do novo coronavírus. “A realização do mutirão nos processos da Copel trouxe uma resposta excepcional aos jurisdicionados, pelo alto percentual de acordos celebrados e pelos valores propostos pela empresa, considerando que passamos por uma época tão negativa economicamente, em razão da Pandemia”, conta a magistrada. 

 

Para a Companhia, os resultados do mutirão beneficiam toda a sociedade, a COPEL promove a solução consensual com o seu consumidor, o Judiciário agiliza o andamento dos processos e o consumidor obtém a solução mais rápida para sua demanda. "A empresa parabeniza e incentiva mutirões como esse ocorrido em União da Vitória, pois vem trabalhando no sentido de minimizar os efeitos inerentes à postura do litígio”, destaca o Diretor Jurídico e de Relações Institucionais da Copel, Eduardo Barbosa.

 

Após o alto índice de acordos apresentados no mutirão, a Copel pretende expandir o método de autocomposição, como forma de resolução consensual de conflitos envolvendo a empresa, para demais localidades do estado paranaense. Segundo a gerente de divisão do Núcleo de Direito Civil, Consumidor e Empresarial da Copel, Michele Suckow Loss, esse mutirão representa apenas o início de uma nova política adotada pela Empresa: “Temos o objetivo de expandir essa oportunidade de negociação para todas as regiões do Estado e permitir que demais consumidores possam ter mais agilidade no atendimento de suas demandas”. 

 

Quer conciliar? Participe da Semana Nacional da Conciliação!

 

Entre os dias 30 de novembro e 04 de dezembro, acontece a 15ª Semana Nacional da Conciliação no Paraná, que pretende solucionar consensualmente diversos casos como pensão alimentícia, divórcio, inventário, acidentes de trânsito, dívidas em bancos e financeiras, problemas de condomínio, entre outros.  Pessoas que já têm processos em trâmite, e até mesmo pessoas que quiserem resolver conflitos que não estão judicializados, considerados pré-processuais, podem participar. Todos aqueles que tiverem interesse em participar da Campanha devem realizar a inscrição até o dia 10/11/2020. 

 

Se você já tem um processo em trâmite no Tribunal de Justiça do Paraná faça sua inscrição clicando aqui. Mas, se você deseja solicitar uma audiência de conciliação para um caso que não está na justiça, pode participar da campanha registrando sua solicitação no CEJUSC Virtual, clicando aqui!


Saiba mais acessando o site: www.tjpr.jus.br/semanadaconciliacao