Notícias Notícias

Voltar

Ações direcionadas a estudantes são realizadas na Comarca de União da Vitória


Ações direcionadas a estudantes são realizadas na Comarca de União da Vitória

Foram entregues carteiras de identidade com biometria, além de ser realizado um evento com a participação de membros da Comissão de Justiça Restaurativa
Qua, 06 Dez 2017 17:07:00 -0200

No dia 29 de novembro foi realizada, na Comarca de União da Vitória, a entrega das carteiras de identidade digitais aos estudantes do ensino fundamental e médio do Colégio Estadual Pedro Stelmachuk, por meio do Projeto Criança e Adolescentes Protegidos, coordenado pela 2ª Vice-Presidência do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR).

O projeto tem como principal objetivo garantir segurança e proteção integrais, através da identificação biométrica, a todas as crianças e adolescentes da rede pública de ensino. Segundo o Núcleo Regional de Educação (NRE) de União da Vitória, mais de 1.100 identidades já foram entregues nas escolas dos municípios da região.

Estava presente no evento o Juiz de Direito Carlos Mattioli, Diretor do Fórum da Comarca. Além da visita ao colégio e participação na solenidade de entrega da documentação às crianças e adolescentes, o magistrado atendeu professores e pais de alunos, além de noticiar parcerias do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC) com a escola.

Projeto DEDICA

Também no dia 29 foi promovido, pela Vara da Infância e Juventude e pelo CEJUSC, em conjunto com o NRE e o Ministério Público local, o segundo encontro do Projeto DEDICA – “Olhares para a Infância e Juventude”. A iniciativa foi realizada na Unidade de Ensino Superior Vale do Iguaçu (Uniguaçu) de União da Vitória e contou com a presença de professores, pais e alunos, somando mais de 250 participantes.

A ação é resultante do aprimoramento do Projeto de Combate à Evasão Escolar desenvolvido na Comarca, e teve como temática a “Justiça Restaurativa”, uma ferramenta eficaz na resolução positiva de conflitos através do aprimoramento do diálogo e da cultura da paz. Participaram do evento o Desembargador Roberto Portugal Bacellar, que é Presidente da Comissão Paranaense de Justiça Restaurativa, e as Juízas Laryssa Angélica Copack Muniz e Jurema Carolina Gomes, da Comarca de Ponta Grossa.

Na ocasião o Juiz Carlos Mattioli recebeu da Câmara Municipal de União da Vitória uma “Moção de Votos de Aplausos” pelo “Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos”. A premiação havia sido recebida pelo magistrado no mês de outubro, no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), como reconhecimento ao trabalho realizado pelo Projeto de Combate à Evasão Escolar.