Notícias Notícias

Voltar

COVID-19: Vara Criminal de Pinhais ouviu mais de 200 pessoas por videoconferência


COVID-19: VARA CRIMINAL DE PINHAIS OUVIU MAIS DE 200 PESSOAS POR VIDEOCONFERÊNCIA

Houve encerramento da instrução processual em 58 audiências realizadas remotamente

Em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus, a Vara Criminal de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, adotou a videoconferência para realizar audiências: desde o início do regime de teletrabalho (em março) até o dia 1º de junho foram realizadas 96 audiências. Em 58 delas houve o encerramento da instrução processual. No total, 204 pessoas foram ouvidas de forma remota com a utilização de ferramentas tecnológicas.

Inicialmente, a videoconferência foi usada em processos de réus presos e, posteriormente, passou a ser utilizada nos processos de réus soltos, evitando o acúmulo de trabalho. O regime de teletrabalho contribuiu para a celeridade processual: após uma prisão em flagrante, a instrução do caso foi encerrada em 25 dias e o processo foi remetido ao Ministério Público para alegações finais. 

A Juíza titular da Vara salienta que o apoio do Cartório da Vara Criminal foi fundamental para o alcance dos resultados neste período de isolamento social: servidores e estagiários passaram a estabelecer contato constante com testemunhas, réus e advogados para informá-los a respeito dos atos processuais e auxiliá-los a usar o sistema de videoconferência, assegurando os direitos e prerrogativas de todos os envolvidos