Notícias Notícias

Voltar

Crianças estudantes de escolas públicas municipais visitam o TJPR


Crianças estudantes de escolas públicas municipais visitam o TJPR
A iniciativa faz parte de uma das etapas do “Programa Justiça e Cidadania também se Aprendem na Escola”
Qui, 01 Ago 2019 16:57:03 -0300

Celebrando o desenvolvimento de mais uma etapa do “Programa Justiça e Cidadania também se Aprendem na Escola”, na última terça-feira (30/7), 215 crianças do quinto ano de escolas públicas municipais foram recebidas no Palácio da Justiça para conhecerem as dependências do Poder Judiciário. Durante a visita, os alunos participaram de uma conversa com os magistrados que atuam no programa e puderam compreender um pouco mais sobre as funções desempenhadas por estes profissionais.

Responsável pela coordenação da atividade, o 2º Vice-Presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), explicou sobre as etapas que envolvem o programa e apontou seu caráter aperfeiçoador. “Esse projeto marca a primeira formatação do conhecimento, o primeiro aprendizado acerca dos direitos e deveres da cidadania e, assim, se transforma uma sociedade”, declarou o Desembargador.

A Superintendente de Gestão Educacional de Curitiba, Maria Silvia Bacila, destacou a importância da iniciativa: “Esse programa muito nos alegra, porque nos aproxima do Poder Judiciário. Essa aproximação é importante para a formação das nossas crianças e, também, para o contexto educacional das nossas escolas municipais”.

Uma das coordenadoras do programa, a magistrada Adriana de Lourdes Simette, apresentou dados sobre os trabalhos realizados nas escolas: somente em 2019, mais de 13 mil alunos de 29 Comarcas foram atendidos pelo “Justiça e Cidadania também se Aprendem na Escola”. Diante disso, a juíza ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pelos voluntários da ação. “O programa funciona graças ao trabalho do voluntariado, pois tanto o juiz, quanto os advogados e os procuradores que levam os conceitos de Justiça e Cidadania para às escolas, atuam de forma voluntária, sempre com muita satisfação. Hoje, só posso agradecer aos voluntários e também às crianças que muito bem acolhem o programa”, pontuou.

Presença

Estiveram presentes no evento os Desembargadores aposentados Antônio Martelozzo, Antenor Demeterco Júnior e Guido José Dobeli, que atuam como voluntários no programa. Também participaram da solenidade o decano da Escola de Direito da Pontifícia Universidade Católica (PUC), professor Eduardo Agostinho, e a representante do Rotary Clube Paranaense, Maria Lúcia Furquim, que são parceiros das atividades desenvolvidas.

Sobre o Programa

O “Justiça e Cidadania Também se Aprendem na Escola” foi criado pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) em 1993. No Paraná, a iniciativa foi implantada logo no início, sendo o único Estado a desenvolver as atividades de forma ininterrupta durante todo esse período.

O programa é desenvolvido em quatro etapas, que ocorrem ao longo do ano. Primeiramente, são distribuídas cartilhas didáticas sobre o funcionamento da Justiça e sobre questões que envolvem os direitos e os deveres dos cidadãos. Em um segundo momento, juízes, promotores e advogados visitam as escolas para promover palestras sobre os temas das cartilhas. Na etapa seguinte, os estudantes têm a oportunidade de visitar a sede do Tribunal de Justiça para conhecer as salas onde são realizadas as sessões de julgamento. Por fim, as escolas desenvolvem atividades culturais com o conteúdo aprendido e, como forma de incentivar ainda mais o conhecimento, os alunos autores dos melhores trabalhos são premiados.