Notícias Notícias

Voltar

TJPR gera economia de aproximadamente R$ 3 milhões com a redução de gastos de materiais de consumo e bens permanentes


TJPR gera economia de aproximadamente R$ 3 milhões com a redução de gastos de materiais de consumo e bens permanentes
O levantamento também aponta economia por meio da redução no aluguel de imóveis
Qua, 15 Jan 2020 14:10:35 -0300

O Departamento do Patrimônio do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) apresentou um relatório das atividades desenvolvidas durante o ano de 2019. No documento foram destacadas as iniciativas voltadas à economia de recursos e os projetos de gestão implantados para otimizar as rotinas administrativas do setor, o qual é responsável pelas licitações, controle patrimonial e a guarda e a distribuição de bens permanentes e materiais de consumo para todo o Estado.

Economia de recursos públicos

Em 2018, o TJPR gastou cerca de R$ 4 milhões com a compra de materiais de consumo. Já em 2019, a despesa foi de aproximadamente R$ 2,9 milhões. Isso representou uma economia de mais de R$ 1,1 milhão com recursos públicos.

Segundo a Diretoria do Patrimônio, esse resultado só foi possível com o auxílio dos servidores da instituição, que estão mais conscientes da necessidade de reduzir os gastos e também em razão do processo eletrônico, que permitiu a redução do catálogo de produtos em 68%, tendo sido excluídos os itens obsoletos.

Outro ponto positivo diz respeito aos bens permanentes – houve uma diminuição de gastos que chegou ao patamar de R$ 2,1 milhões. Mesmo com essa redução, o Departamento entregou para a capital e para o interior do Estado mais de 62 mil produtos - nessa relação estão inclusos, por exemplo, cadeiras, mesas, eletrodomésticos, dentre outros bens. 

Locação de Imóveis   

Um dado expressivo, apontado no documento, está relacionado à redução no valor gasto com a locação de imóveis. Por meio da compra do edifício Pery Moreira da Prefeitura Municipal de Curitiba, bem como na readequação da 2º Vara da Fazenda Pública, que mudará para a Rua da Glória, junto com as demais Varas de Fazenda Pública, o Tribunal de Justiça do Estado do Paraná logrará êxito na redução de gastos com locação de cerca de R$ 885 mil.

Inventário

Há três anos o TJPR instituiu o inventário descentralizado, que permitiu um maior controle sobre os bens patrimoniais em todo o Paraná. Essa inciativa conta com a colaboração dos servidores do TJPR, que passaram a ser responsáveis por catalogar e fazer, anualmente, a atualização dos bens no sistema eletrônico Hermes. A adesão ao inventário descentralizado alcançou o índice de 100% em 2019, ou seja, todas as unidades administrativas e judiciais estão comprometidas com esse trabalho.     

Bibliotecas Digitais

O Tribunal ainda investiu em meios tecnológicos que permitiram ampliar o acesso às bibliotecas digitais. Por meio dessa ferramenta, magistrados e servidores podem, a qualquer tempo, utilizar os conteúdos para atualização e estudo.