Notícias Notícias

Voltar

Formação de Facilitadores Educacionais

A escola promoveu, dos dias 08 a 11 de outubro de 2018, o curso de “Formação de Facilitadores Educacionais”, cujo objetivo foi apresentar práticas de educação que facilitem o processo educativo a partir da utilização de metodologias ativas e cooperativas no contexto judiciário. 

O curso foi oferecido aos servidores que hoje atuam como instrutores da ESEJE; futuramente, auxiliarão a escola na multiplicação desse conhecimento. 

As palestras abordaram os temas “Processo circular como recurso educacional”, “Integração de competências no desenvolvimento do facilitador de aprendizagem”, “Fundamentos do programa de gestão por competências do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná”, “Educar no e para o amor”, “Escolas inovadoras pelo mundo: as boas práticas da Green School e Riverside School”, “Novos olhares para educação do século XXI” “Práticas e princípios para inovar a educação”, “Diálogo e facilitação de processos em assuntos complexos”.

Ainda, foram propostas oficinais de metodologias ativas, como “World Café” e “planejamento do aprendizado a partir da visão do projeto”. Desse modo, promoveu-se intensa interação entre os cursistas e profunda reflexão sobre os tradicionais métodos de ensino em contraposição aos novos anseios sociais por uma educação mais integrativa, inteligível, praticável e transformadora.

Os palestrantes do evento têm extensa experiência em métodos ativos e colaborativos na educação: Roberto Bacellar, Adriana Accioly Gomes Massa, Mayta Lobo dos Santos, Acacia Zeneida Kuenzer, Maria Edite Faganello, Izabela Zampier, Tenile Vivenci, Amanda Malucelli Amatneeks, Marô Camargo. Assim, os cursistas puderam conhecer e experimentar situações de extrema importância para a transformação da educação.

O curso faz parte do programa de capacitação de formação de instrutores e tutores, que tem o fim de formar educadores comprometidos com o ato de transformar a educação, reconhecendo as próprias limitações e as possibilidades de aprendizado com os educandos, renovando, assim, o conceito de educar.