Destaques Destaques

Voltar

Novo Presidente do TJPR pretende otimizar recursos para acelerar processos


Novo Presidente do TJPR pretende otimizar recursos para acelerar processos
Desembargador Xisto destacou o aspecto humanista do trabalho do Poder Judiciário
Sex, 01 Fev 2019 21:48:32 -0200

A nova Cúpula Diretiva do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) tomou posse nesta sexta-feira (1º/2). A gestão 2019-2020 é formada pelo Presidente, Desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira; pelo 1º Vice-Presidente, Desembargador Wellington Emanuel Coimbra de Moura; pelo Corregedor-Geral da Justiça, Desembargador José Augusto Gomes Aniceto; pelo 2º Vice-Presidente, Desembargador José Laurindo de Souza Netto, e pelo Corregedor de Justiça, Desembargador Luiz Cezar Nicolau.

O Desembargador Renato Braga Bettega, que esteve à frente do TJPR na Gestão 2017-2018, destacou o sentimento de gratidão aos colegas Desembargadores durante sua Presidência e afirmou a importância da luta pela valorização do trabalho do Poder Judiciário. “Devemos continuar a busca por condições que permitam aos juízes exercer sua complexa função com tranquilidade, com seu papel devidamente reconhecido. Foi o que buscamos durante nossa gestão”, disse o Desembargador.

O novo Presidente do TJPR, Desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira, ressaltou a competência e a honradez do trabalho exercido pelo seu antecessor: “O Poder Judiciário Paranaense avançou muito, o que lhe assegura a marca de proficiente realizador e um lugar de destaque na história desta Corte”, disse.

Em seu discurso de posse, o Desembargador Xisto destacou o aspecto humanista da Justiça. “O Direito não existe em abstrato tão somente; ele existe em decisões que influenciam pessoas, mudam vidas, determinam destinos”, afirmou, convidando os magistrados do Estado a refletir sobre a grande responsabilidade social inerente à atividade jurisdicional.

Dirigindo-se aos servidores do Poder Judiciário, o novo Presidente, em nome da Cúpula Diretiva, reforçou o pedido por um trabalho cada vez mais colaborativo. “Mais do que trabalho em grupo, precisamos de ‘espírito de equipe’, para que possamos, juntos, vencer os próximos desafios”, observou.

Em suas palavras, ele ressaltou que dois princípios nortearão a atual gestão: o da absoluta valorização de todas as pessoas que trabalham na instituição; e o princípio do absoluto respeito aos interesses dos jurisdicionados. Segundo o Desembargador Xisto, ambos estarão alinhados com soluções tecnológicas que racionalizem o fluxo de trabalho, reduzam o tempo de tramitação dos processos e otimizem os recursos humanos e materiais. “Somente assim poderemos cumprir, de forma eficiente, a importante missão do Poder Judiciário, de oferecer aos jurisdicionados, em prazo razoável, a prestação jurisdicional, a solução para as suas demandas”, destacou o Presidente.

Autoridades presentes

Compuseram a mesa de honra da solenidade: o Presidente do TJPR durante a gestão 2017-2018, Desembargador Renato Braga Bettega; o Governador do Estado do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior; o Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (Alep), Deputado Ademar Luiz Traiano; o Secretário-Geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Desembargador Carlos Vieira Von Adamek, representando, na solenidade, o Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do CNJ, Ministro José Antônio Dias Toffoli; o Ministro Sérgio Luiz Kukina, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), representado o Ministro João Otávio de Noronha, Presidente do STJ; o General Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, Comandante da 5ª Divisão do Exército; o Arcebispo Metropolitano de Curitiba, Dom José Antônio Peruzzo; o Presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), Desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz; o Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), Desembargador Gilberto Ferreira, a Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT9), Desembargadora Marlene Teresinha Fuverki Suguimatsu; o Presidente do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), Conselheiro Nestor Baptista; o Procurador-Geral de Justiça do Estado do Paraná, Ivonei Sfoggia; o Defensor Público-Geral do Estado do Paraná, Eduardo Pião Ortiz Abraão; o Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Paraná (OAB/PR), Cássio Lisandro Telles; o Presidente da Associação dos Magistrados do Paraná (AMAPAR), Juiz de Direito Geraldo Dutra de Andrade Neto.