Encontro de Preparação On-Line para Pretendentes à Adoção 


Em atenção ao deliberado durante os trabalhos do 75º Encontro do Colégio Permanente de Corregedores-Gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil, em que se priorizou o “incentivo das adoções necessárias através de meios e práticas que visem à ampliação do perfil dos habilitados no Cadastro Nacional de Adoção – CNA”, a Corregedoria-Geral da Justiça desenvolveu, em conjunto com o Conselho de Supervisão dos Juízos da Infância e da Juventude – CONSIJ, o “Encontro on-line de Preparação dos Pretendentes à Adoção”. 

Já na sua 2ª edição, o Encontro tem por objetivo oferecer aos participantes a oportunidade de conjeturar sobre a adoção, bem como promover a consciência crítica dos aspectos do processo de adoção, tanto para o (a) pretenso (a) adotante quanto para as crianças e adolescentes que anseiam por uma família.

 

Des. Rogério Kanayama durante a abertura da 2ª edição do Curso, em 2.4.2018.

Podem participar pessoas em processo de habilitação para adoção ou já habilitadas, Juízes, Promotores de Justiça, Equipe Técnica do Juízo, Servidores dos Serviços de Acolhimento, Conselheiros Tutelares, Técnicos da Rede de Proteção e Servidores da Vara da Infância e da Juventude.

A 1ª edição, realizada em outubro de 2017, contou com a seguinte programação:

 

MÓDULO I

Des. Rogério Luis Nielsen Kanayama,

Des. Ruy Muggiati e

Dr. Sérgio Luiz Kreuz

10 de outubro de 2017

Noções introdutórias sobre a adoção

MÓDULO II

Técnicas da Vara de Infância

17 de outubro de 2017

A vara da infância

Intervenções realizadas até a colocação em família substituta na modalidade de adoção

CNA

Dados sobre adoção – Habilitados x crianças disponíveis

Como acontece o processo de adoção? Etapas – indicação, período de aproximação, estágio de convivência, sentença

O prenome

O período de adaptação

MÓDULO III

Técnicas da Vara de Infância

19 de outubro de 2017

Adoção de crianças maiores

Características

Preparação e acompanhamento

Idealização na adoção

Escolha do perfil

A visão da criança sobre o processo de adoção

Reedição do abandono – devolução

MÓDULO IV

Equipe da Comissão Estadual Judiciária de Adoção

24 de outubro de 2017

A História do Abandono

Características da Criança Maior em Situação de Acolhimento

Mitos que Constituem a Cultura da Adoção de crianças Maiores

MÓDULO V

Grupo de Apoio Adoção Consciente

26 de outubro de 2017

Importância da preparação

Conceitos de adoção

Quem quer ser adotado

Quem pode adotar

Motivação

Dores dos pretendentes

Luto da infertilidade

Perfil das crianças existentes

Genética

Sonho das crianças

MÓDULO VI

Grupo de Apoio Adoção Consciente

31 de outubro de 2017

Preparar

Dores das crianças

Pertencimento

O filho adotivo

Adoção de crianças maiores

Uma reflexão sobre a desistência da adoção

Pais: autoconhecimento

Depressão

 

A abertura da 2ª edição ocorreu no dia 2 de abril de 2018, com a presença do Des. Rogério Kanayama, Corregedor-Geral da Justiça, do Des. Ruy Muggiati, Presidente do Conselho de Supervisão dos Juízos da Infância e da Juventude (CONSIJ) e do Des. José Laurindo de Souza Netto, Diretor-Geral da Escola da Magistratura do Paraná (EMAP).

Renata Pauliv de Souza Casanova, Hália Pauliv de Souza, Celso Roberto Corrêa e Dr. Sérgio Kreuz

Foram realizados 6 (seis) encontros, cada um com duração de 2 (duas) horas, as segundas e quartas-feiras. As transmissões foram ao vivo, com início às 19 (dezenove) horas e encerramento às 21 (vinte e uma) horas, diretamente do auditório da Escola da Magistratura do Paraná, em Curitiba, para todas as Comarcas do Brasil que se cadastraram para receber o link de acesso.

As inscrições foram realizadas em duas etapas. Na primeira delas, realizada entre os dias 9 (nove) e 17 (dezessete) de março de 2018, foram cadastradas 142 (cento e quarenta e duas) Comarcas. Na segunda fase, realizada de 19 (dezenove) a 30 (trinta) de março de 2018, foram cadastrados os participantes da 2ª edição do encontro de Preparação. No total, foram realizadas 1.162 inscrições.

Participaram efetivamente da 2ª edição as seguintes Comarcas:

 

UF

COMARCA

UF

COMARCA

BA

Jequié

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PR

Andirá

Macaúbas

Altônia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MG

Arcos

Campo Mourão

Bambuí

Cantagalo

Bom Sucesso

Catanduvas

Bonfinópolis

Centenário do Sul

Buritis

Cornélio Procópio

Caratinga

Cruzeiro do Oeste

Caxambu

Curitiba

Conselheiro Lafaiete

Fazenda Rio Grande

Dores do Indaia

Foz do Iguaçu

Espinosa

Ibiporã

Francisco Sá

Irati

Guanhaes

Jacarezinho

Jacutinga

Jandaia do Sul

Luz

Loanda

Martilho Campos

Londrina

Monte Carmelo

Mamborê

Montes Claros

Mangueirinha

Nepomuceno

Manoel Ribas

Pitagui

Marechal Cândido Rondon

Salinas

Maringá

 

 

MT

Alta Floresta

Nova Aurora

Alto Araguaia

Nova Esperança

Chapada dos Guimarães

Palmital

Cuiabá

Paraíso do Norte

Terra Nova do Norte

Paranaguá

 

 

 

 

SP

Birigui

Pato Branco

Eldorado

Peabiru

Fernandópolis

Pitanga

Itaberá

Pontal do Paraná

Itapeva

Rebouças

Jacupiranga

Ribeirão do Pinhal

Santo André

Rio Branco do Sul

São Paulo

São João do Ivaí

São Miguel do Iguaçu

TO

Araguaiana

Siqueira Campos

RJ

Porto Real

Telêmaco Borba

 

 

Ubiratã

 

 

União da Vitória

 

A coordenação do “Encontro de Preparação On-line para Pretendentes à Adoção” orientou as Comarcas a respeito das possibilidades de aproveitamento para a habilitação dos postulantes. Recomendou-se que, após as palestras, a Equipe Técnica (quando existente) aprofundasse os temas propostos e promovesse debates entre os participantes, bem como que a Equipe Técnica ou os responsáveis pelas avaliações dos pretendentes à adoção de cada Comarca inscrita participassem da preparação.

Hália Pauliv de Souza, Dr. Sérgio Kreuz e Sara Vargas

No que tange ao artigo 197-C, §1º, do Estatuto da Criança e do Adolescente, a recomendação foi de que caberá ao Juiz da Vara da Infância e da Juventude das Comarcas participantes deliberar sobre o aproveitamento da preparação com esta metodologia. No sentido de que os (as) Magistrados (as) podem optar pela validação desta etapa como parcial ou integral para o processo de habilitação dos postulantes à adoção. Quando encaminhados os convites às Comarcas, ressaltou-se a informação de que este encontro de preparação não exclui as demais etapas do processo de habilitação para adoção, tais como orientações, avaliações, entrevistas, estudos, visitas, etc.

 


M ó d u l o   I

Na primeira noite, as abordagens foram voltadas ao seguinte tema: Noções introdutórias sobre a adoção e seus aspectos legais. Os palestrantes foram: Luiz Schettini Filho: graduado em Psicologia, Filosofia e Teologia, que desenvolve sua atividade profissional em Psicologia Clínica, especialmente na área de psicoterapia de crianças e adolescentes. Autor de vários livros sobre o tema, dedica-se, também, ao acompanhamento psicoterápico de pais e filhos adotivos, com estudos e pesquisas sobre a psicologia da criança adotada; e Dr. Sérgio Luiz Kreuz: Juiz Auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado do Paraná e autor do livro “Direito à Convivência Familiar da Criança e do Adolescente: Direitos Fundamentais, Princípios Constitucionais e Alternativas ao Acolhimento Institucional”.

 

Comarca de Francisco Sá/MG durante a 2ª edição do Encontro 

 

M ó d u l o   II 

Realizado no dia 4 (quatro) de abril de 2018 (dois mil e dezoito), o módulo II abordou o tema: Procedimentos para adoção e seus efeitos, com as seguintes palestrantes: Ana Carolina Horst e Tathiane Fukui, Psicólogas do Núcleo de Apoio às Varas da Infância e da Juventude de Curitiba/PR.

 

 

M ó d u l o   III

Com os temas: A adoção e seu contexto psicossocial; Desenvolvimento da criança e do adolescente, o módulo III, realizado no dia 9 (nove) de abril de 2018 (dois mil e dezoito) foi ministrado por Daniel Jaccoud e Thais Zanolla, ambos psicólogos do Núcleo de Apoio às Varas da Infância e da Juventude de Curitiba/PR.

 

 

M ó d u l o   IV

Ministrado pelas assistentes sociais Amélia Reiko Jojima e Liselis Izar, bem como pela psicóloga Denisede Araújo Vosnika, membros da Comissão Estadual Judiciária de Adoção (CEJA), o módulo IV, realizado o dia 11 (onze) de abril de 2018 (dois mil e dezoito), teve como temas: Reflexos da adoção nas esferas sociais; Características da criança ou do adolescente à adoção.

Amélia R. Jojima, Liselis Izar e Denise de Araújo Vosnika

 

M ó d u l o   V

No dia 16 (dezesseis) de abril de 2018 (dois mil e dezoito) foi realizado o 5º módulo do Encontro, ministrado pela Sra. Sara Vargas, Presidente da Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção; e por Hália Pauliv de Souza: Mãe e avó pela via adotiva, militante e autora de diversos livros sobre adoção e sexualidade. Neste, foi abordada a seguinte temática: Grupos de apoio à adoção; Complexos da motivação.

 

 

M ó d u l o   VI

O último Encontro, no qual foi abordado: Autoconhecimento e Reflexões acerca da desistência da adoção, realizado no dia 18 (dezoito) de abril de 2018 (dois mil e dezoito), contou com os seguintes palestrantes: Hália Pauliv de Souza - Mãe e avó pela via adotiva, militante e autora de diversos livros sobre adoção e sexualidade; Renata Pauliv de Souza Casanova - Psicóloga, Coordenadora da Região Sul da Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção; Celso Roberto Corrêa – Pai pela via da adoção e membro do Grupo de Apoio Adoção Consciente.

 


 

     C h a t 

Os participantes puderam interagir e fazer perguntas aos palestrantes por meio do chat on-line, ferramenta disponibilizada pelo sistema de educação a distância da Escola da Magistratura do Paraná. Com essa ferramenta, foi possível sanar ao vivo as dúvidas expostas pelos pretendentes à adoção e pelas equipes técnicas.

 


 

E l o g i o s   e   A g r a d e c i m e n t o s