Últimas Notícias do TJPR Últimas Notícias do TJPR

Voltar

Enfrentamento à violência doméstica ganha reforço na Comarca de Guarapuava


Enfrentamento à violência doméstica ganha reforço na Comarca de Guarapuava

Viatura prestará atendimento exclusivo a mulheres com medidas protetivas concedidas pelo Poder Judiciário
Ter, 11 Set 2018 15:50:00 -0300

No dia 29 de agosto foi entregue na cidade de Guarapuava mais uma viatura da Polícia Militar exclusiva para utilização no Programa Patrulha Maria da Penha, que presta atendimento qualificado às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar após o deferimento das medidas protetivas de urgência. Um serviço semelhante já havia sido implantado no mês de agosto em Colombo, na região metropolitana de Curitiba.

O projeto foi desenvolvido em uma parceria entre o Governo do Estado, a Polícia Militar e a Prefeitura, com o objetivo de inibir agressões e garantir o cumprimento da determinação judicial. Os policiais darão suporte ao trabalho de agentes do Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (CRAM) durante visitas às mulheres.

A cerimônia oficial de implantação da Patrulha Maria da Penha contou com a participação da Governadora Cida Borghetti; do Prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho; da Coordenadora Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Paraná, Desembargadora Lenice Bodstein; da Juíza Carmen Silvania Zolandeck Mondin, titular da 3ª Vara Criminal de Guarapuava; da Comandante-Geral da Polícia Militar, Coronel Audilene Dias Rocha; de representantes do Ministério Público e da Ordem dos Advogados do Brasil, entre outras autoridades.

Na oportunidade, a Desembargadora Lenice Bodstein observou que a criação dessa modalidade de policiamento permite um maior suporte no atendimento aos casos de violência doméstica. “A atuação da Patrulha Maria da Penha será essencial para neutralizar o círculo de violência que muitas mulheres sofrem. Esse trabalho trará um rendimento favorável que vai reforçar a sensação de segurança da população”, explicou.

Após a solenidade, foi realizada reunião com representantes das instituições envolvidas no atendimento à mulher vítima de violência doméstica e familiar, para tratar da efetividade na aplicação da Lei Maria da Penha.


 
CIDADÃO
 
ADVOGADO
 
IMPRENSA

Canal do Youtube do Tribunal de Justiça do Paraná Canal do Youtube do Tribunal de Justiça do Paraná

Jurisprudência do TJPR Jurisprudência do TJPR


Consulta Jurisprudência 2o. grau TJPR, Jurisprudência 2º Grau, Jurisprudência Turmas Recursais, Jurisprudencia, jurisprudencia

Diário da Justiça do TJPR Diário da Justiça do TJPR

a

Clipping Clipping

Nota de Falecimento Nota de Falecimento