Destaques Destaques

Voltar

Capacitação reforça o combate à violência doméstica


Capacitação reforça o combate à violência doméstica
Em parceria com órgãos integrantes da rede de atendimento à mulher vítima de violência doméstica, TJPR promove curso sobre o Formulário Nacional de Avaliação de Risco
Sex, 27 Nov 2020 15:51:33 -0300

Nos dias 30 de novembro e 2 de dezembro, das 10h às 11h30, será realizada uma capacitação virtual sobre o Formulário Nacional de Avaliação de Risco para a prevenção e o enfrentamento de crimes e demais atos praticados no contexto de violência doméstica e familiar contra a mulher.

O evento será transmitido ao vivo no YouTube e no Instagram da Escola dos Servidores da Justiça Estadual (ESEJE).

 

Destinada aos membros, servidores, estagiários e colaboradores dos órgãos que integram a rede de atendimento à mulher vítima de violência doméstica, a capacitação tem o objetivo de qualificar os profissionais envolvidos na aplicação do Formulário Nacional de Avaliação de Risco.

O curso foi elaborado por um comitê composto por representantes do Poder Judiciário, do Ministério Público, da Defensoria Pública, das Polícias Civil e Militar e da Secretaria de Estado da Família, Justiça e Trabalho (SEJUF).

O tempo de duração previsto, em cada uma das datas, é de 1 hora e 30 minutos. Além da ESEJE, os eventos são organizados pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (CEVID-TJPR) e pela Escola da Magistratura do Paraná (EMAP).

Será emitido certificado de participação para as pessoas que registrarem suas presenças em link que será disponibilizado durante a transmissão.

Participantes

Dia 30 de novembro: Desembargadora Priscilla Placha Sá (TJPR); Juiz Ariel Nicolai Cesa Dias (TJPR); Juiz Marcos Antonio da Cunha Araújo (TJPR); 1ª Tenente QOPM Fernanda Pegorini Januário (SESP – PMPR) e Samuel Pereira do Vale Neto, servidor da ESEJE, que atuará como mediador.

Dia 2 de dezembro: Psicóloga Jessica Mendes (DPE PR); Dra. Martina Reiniger Olivero (DPE-PR); Dra. Beatriz Ribas (DPE-PR); Dra. Emanuelle Maria de Oliveira Siqueira (SESP – PCPR); Dra. Ana Carolina Pinto Franceschi (MPPR); Dra. Mara Sperandio (SEJUF) e Samuel Pereira do Vale Neto, servidor da ESEJE, que atuará como mediador.

 

Os servidores e os magistrados podem enviar dúvidas relacionadas ao tema através da conta da ESEJE no Instagram (@eseje.tjpr).