Notícias Notícias

Voltar

Como fica o convívio entre pais e filhos durante este período de distanciamento social?


Como fica o convívio entre pais e filhos durante este período de distanciamento social?
Saiba como a Justiça vem fundamentando as decisões em relação à guarda compartilhada e ao direito de visita
Qui, 16 Jul 2020 12:27:13 -0300

O que parecia ser passageiro tomou proporções que, até então, eram inacreditáveis: com a pandemia da COVID-19, o distanciamento social se fez necessário e imprescindível para combater a disseminação da doença no país.

Aulas suspensas, comércio fechado e alterações no transporte coletivo, essas e outras medidas foram adotadas para evitar o crescente contágio. Além dessas mudanças e reestruturações, o Direito de Família também teve que se adequar a essa nova realidade.

Como fica o convívio entre pais e filhos? O direito de visita?

E os pais que possuem guarda compartilhada, como estão lidando com essa nova fase?

Como a Justiça está enfrentando esse desafio e fundamentando as decisões?

Para esclarecer essas dúvidas, no podcast desta semana conversamos com a Desembargadora Lenice Bodstein. Ela destacou que uma Recomendação do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) vem norteando as decisões judiciais. “O ideal nesse período é proporcionar às crianças e aos adolescentes meios que possibilitem o contato virtual, evitando, assim, a quebra do elo afetivo e o rompimento do convívio entre pais e filhos”, afirma a magistrada.     

Confira o podcast.