Notícias Notícias

Voltar

Mutirões Carcerários: entenda como funciona a atuação do Judiciário nessas iniciativas


Mutirões Carcerários: entenda como funciona a atuação do Judiciário nessas iniciativas
O intuito dessas ações é analisar a situação jurídica dos presos e, com isso, desafogar o sistema penitenciário do Estado
Ter, 06 Ago 2019 12:10:19 -0300

Nesta semana, o programa de rádio do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) trata das ações realizadas em todo o Estado pelo Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas do Estado do Paraná (GMF), que é responsável por realizar os mutirões carcerários.

No mês de julho, o GMF iniciou mais um trabalho que se estende até o próximo dia 9 de agosto. A intenção é analisar a situação jurídica dos presos e, com isso, desafogar o sistema penitenciário do Estado.

Durante o mutirão, o Poder Judiciário verifica o cumprimento de prazos, a possibilidade de progressão de regime ou de expedição de mandado de soltura e liberdade condicional.

Acompanhe a entrevista realizada com o Supervisor do GMF, Desembargador Ruy Muggiati, no soundcloud do TJPR.